Seguidores

PAÍSES QUE NOS VISITAM!

free counters

quinta-feira, 27 de dezembro de 2012

BM 4(3)X4(5) MÔNACO - 15/DEZEMBRO'12

DERROTA NOS PÊNALTIS ENCERRA EXCELENTE ANO DO BAZAR MIMO
Porto Alegre, 23 de Dezembro de 2012
Por Jorge Luiz Coelho

É muito difícil escrever qualquer coisa após mais um vice-campeonato. É duro ter feito a campanha que fizemos, com vitórias construídas com um jogo eficiente e competitivo, atuações consistentes – perdemos partidas apenas quando podíamos ter perdido e já estávamos classificados – e sofrermos nossa maior derrota nas cobranças de pênaltis sendo que por um gol apenas.

Porém, devemos urgentemente modificar esta cultura idiota brasileira que vice-campeonato e último lugar “é tudo a mesma coisa”, porque não é não. Dizem que “time grande tem que vencer sempre”, mas também este comentário é fruto do preconceito de uma mentalidade tupiniquim que sempre nos desvalorizou. Nosso campeonato, ou melhor, em todos os campeonatos em que participamos neste ano, nosso time esteve entre os primeiros e a isto se chama mérito. E o atual campeão estava a três anos disputando o título sem vencer. E só conseguiu porque esteve presente nestas últimas quatro finais.
Não há como se dizer também que a perda do título foi injusta: o Mônaco jogou na maior parte do tempo melhor que o Bazar. Se fossemos campeões também não haveria injustiça, uma vez que tivemos um pênalti claríssimo a favor no Douglas ignorado pelo péssimo arbitro da partida e enfrentamos um time muito forte por mais de quinze minutos com um jogador a menos.

Mais do que falar sobre o jogo em si, que foi uma partida digna de finalíssima de campeonato, devo compartilhar com a garotada o ano vitorioso do Bazar, e afirmar que para sermos campeões faltam apenas detalhes, mas esses pequenos obstáculos só serão vencidos se permanecermos no rumo certo, nesta balada de vitórias. Somente disputando finais se ganha títulos.  
O jogo em si foi um 4 a 4 sensacional, fizemos um belo gol em jogada do Douglas para o Bon Jovi concluir de peixinho. O Mônaco empatou em uma sutil falha de nosso goleiro, pois ainda que a bola fosse muito bem colocada no canto esquerdo dele, o chute foi de muito longe, ele deveria ter ido mais cedo ao encontro do chute e quando o fez, já era. Eles viraram em jogada rápida pela ponta. Nós empatamos novamente com um pênalti – finalmente – marcado através do Douglas, viramos novamente com um golaço do Bon Jovi, eles empataram em uma falta distante e novamente em falha técnica do nosso goleiro. Nesta altura o Bonds estava expulso após receber um amarelo e na mesma sequencia fazer nova falta.

Com a partida em 3 a 3 o Douglas lançou na área e o Roger marcou um golaço de cabeça já perto dos 35 minutos do segundo tempo. 4 a 3 e a sensação de que poderíamos ser campeões mesmo com um jogador a menos. Mas na sequência do gol, bobeamos na marcação e após ficar no mano com o Alberto este cometeu o pênalti que deu os números finais ao jogo: 4 a 4.  
Bravamente, resistimos do jeito que dava ao ímpeto do Mônaco que nos vendo em desvantagem numérica partiu pra cima para vencer no tempo normal e esbarrou em nossa força de vontade. Perdemos por 5 a 4 nos pênaltis e não há comentário para isso, uma vez que pênaltis são pênaltis. Apenas uma observação: precisamos ser mais pragmáticos em alguns momentos. Não havia sentido algum em ficarmos com menos dois jogadores – o Douglas estava machucado e não coseguia sequer andar direito – porque ele seria um dos batedores oficiais nos pênaltis, quando ainda poderíamos ser eliminados ANTES das cobranças no tempo real, já que jogávamos com menos dois... São detalhes assim que podem estar nos custando um título, ou podem nos custar uma classificação futura.  
Parabéns ao Mônaco, venceu e levou o título. Parabéns para o Bazar, que fez um ano sensacional, esteve muito perto de ser campeão na final, e teve muita raça para manter-se disputando até o último pênalti este campeonato. Nossa campanha este ano nos enche de orgulho e vamos parar de chorar o que já se foi e mirar o que ainda temos por vencer.  

Um feliz natal a todos e um grande ano novo em 2013! Não vou mencionar os jogadores porque a ficha técnica eu ainda não recebi do Felipe, mas ele vai anexa-la junto a crônica como sempre faz. Era isso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 
Real Time Web Analytics